_________________________________________________________________________________________________


segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Iemanjá


02 de fevereiro, dia de Iemanjá.

Não sei se posso dizer que sou devota de Iemanjá. O fato é que há anos faço minhas homenagens à Inaê com muito carinho. Minas Gerais não tem mar, então encontro outra forma de reverenciar a Mãe D´Água, até o 02 de fevereiro que possa ir à Praia do Rio Vermelho levar minha oferenda. Ah, um dia irei!

É em cada dobra de um origami azul e branco, cores da Sereia do Mar, que agradeço as bênçãos do ano e peço sua proteção no caminho que se seguirá. 

Iemanjá é a Grande Mãe, que a todos recebe, acolhe e tutela. Assim, nada melhor que escolher para hoje um origami com história de mãe...

Há uns dias uma ideia estava na minha cabeça, mas não tinha oportunidade de dobrar. Sexta-feira à noite eu estava assistindo novela (Império) com Minhosa (Iêda, minha mãe), então peguei uns papéis e sentei no chão, pois estava (está) muito calor para sentar no sofá... 

Dobra aqui, dobra ali... Entre mim e Minhosa silêncio total. O som da televisão nem entrava em meus ouvidos, pois estava concentrada em passar para o papel a sequência que piscava diante de meus olhos.

Dobrei um módulo, outro módulo, ajustes aqui e ali, proporções. Outra ideia. Dobra aqui, dobra ali, outro módulo, ajustes, proporções... Logo na mesa haviam seis módulos.

E o silêncio se rompe:

"Conseguiu?" - perguntou Minhosa.

A resposta foi melhor que ela esperava: Sim, e não apenas um!

E com todo amor como Iemanjá tem por seus filhos, ela me disse: "eu adoro quando você fica aí concentrada criando suas coisas!"

No sábado fizemos um "almoço de meninas" em casa, e como estávamos entre amigas sem cerimônia, depois de almoçar peguei meus papéis para dobrar uma das ideias desenvolvidas. Kusudama pronto, mas ainda ideias a desenvolver. 

Sábado é o dia de Iemanjá (para quem não sabe, cada orixá tem um dia da semana), e assim como ela é um orixá simples comparado às cores e riquezas dos outros, mas de beleza ímpar, percebi que poderia fazer algo mais simples e com tanto efeito quanto o anterior. Inspirações vindas da Grande Mãe!

Decidido. Aquele seria o origami para Iemanjá 2015. 

E em que pese haver feito há uns anos a Mandala de Iemanjá, composta por módulos de Electra e Lírios, não há um origami chamado Iemanjá. Não havia. 

Para Iemanjá, "Iemanjá"! E flores brancas, claro!





Odoyá, Rainha do Mar!

Com amor,
Isa



6 comentários:

Ana Vieira disse...

Está lindo Isa <3

Margareth disse...

Ficou um esplendor, Isa! E, salve a Rainha do Mar!!! Muita paz! ♥

Valéria Moreno disse...

Que lindo!!!
Adoro lê-la Isa, em versos, em prosa, em qualquer forma...
E a Iemanjá... Divina!!!

Léa disse...

Adorei!!!us trabalhos são lindos.E como já disse outras vezes, a sua generosidade é sua marca registrada, nos ensinando com vídeos, dando dicas, enfim, uma mestra!!!!

cridiana disse...

So beautiful!

Alessandra Sivek Perez disse...

Lindíssimo Isa!!! Parabéns!!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin